quinta-feira, 17 de setembro de 2015

#allicefez1

Postado por Caroll Maturana em quinta-feira, setembro 17, 2015 0 Comentários. Junte-se!
Primeiro quero me desculpar pelo sumiço aqui no blog!
Quem é "Mãe festeira" sabe da correria que é a última semana que antecipa a festa! Após o dia da festa, passamos um perrengue com Allice e sua sinusite, mas isso é assunto para outro post. Hoje, aproveitando que ela dormiu e finalmente estou tranquila após descobrir o que ela realmente tem, e estar medicando-a corretamente, tive cabeça para contar tudooo sobre a festinha de 1 ano de minha pequena.
A festinha da Allice foi no terraço de nossa casa. Queria uma festa bonita, mas pequena, apenas para a família que pudesse vir (a maioria é do RJ), e amigos próximos.
Como queria uma festa bonita, contratei uma decoradora para fazer de acordo com o tema que escolhi: "Alice no Pais das Maravilhas".
Esse tema não foi fácil. A própria decoradora nunca havia feito, e precisou produzir os enfeites de mesa e de chão.







Os enfeites da mesa dos convidados, quem produziu foi meu marido, em EVA e na hora da festa não lembrei de tirar fotos deles, mas, tinha aqui o primeiro, que foi o teste, tirei foto hoje para mostrar para vocês. Os dos convidados não tinham dois adesivos em cima, pois ele conseguiu fazer uma tampa de um lado, e só fechamos com adesivo o outro lado para facilitar a abertura do chapéu que dentro, tinha balas de coco.

Usamos os mesmos papéis de bala para fazer os cabelos, e nos inspiramos no Johnny Depp e seus cabelos laranja:


O bolo primeiramente pensei em fazer de pasta americana, mas após o 1º orçamento já desisti, pois saia quase o valor que pretendia gastar com todos os comes e bebes. E por sorte, um dia no facebook, vi um anúncio de uma moça de minha cidade que aluga maquetes de bolo em EVA. Ela também não tinha o bolo pronto nesse tema e acabei por escolher o modelo que eu queria alugar. Isso me gerou muita ansiedade, porque escolhi o modelo em uma foto de pasta americana, e fiquei com muito medo de não sair igual, mas para a minha sorte (e dela também, rsrs) saiu bem como eu queria!


Os pirulitos de chocolate, marshmallow no palito, potinhos de confetes, tubetes e marmitinhas com doces, foram todos produzidos pela mamãe aqui. Está explicado meu sumiço da semana passada, né?!


Os docinhos, salgadinhos, bolo de corte, encomendei em um buffet que já conhecia e gosto muito aqui em minha cidade. O molho do cachorro quente foi feito pela Dinda Morjana, madrinha da minha filha, e ficou maravilhoso!
Fiz também uns pirulitos de biscoito de maisena com recheio de doce de leite que peguei no facebook, na página "Mãe que faz Festa". Fiz uma cobertura de chocolate e granulados coloridos. Ficaram uma graça (confesso que pensei que ficariam mais bonitos kkkkk), mas acho que foram aprovados, pois nem sobraram para que eu tirasse fotos para vocês!


A roupinha da Allice foi produzida por uma artesã de minha cidade (Ateliê Muié de Bobs). Comprei o body branco e levei para ela personalizar e ficou exatamente como eu queria!

Crédito da foto: Ateliê Muié de Bobs
E a saia, de filó foi feita pelo Papai, que viu alguns vídeos de como produzir essa saia, sem precisar costurar!



A festinha começou as 18h e logo que percebi que Allice estava com sono, cantamos parabéns.
Se vale a pena? Valeu super a pena! Acho que temos que fazer a festinha dentro de nossas possibilidades, e da maneira que acharmos melhor.
Nossa noite foi cheia de alegrias, encontros com amigos e familiares e muito amor!



Espero que inspire as mamães das Alices, pois percebi que esse tema é pouquíssimo procurado, e dá para ter muitas idéias bacanas com ele, e fazer uma festa linda! A nossa será inesquecível!













segunda-feira, 7 de setembro de 2015

Allice na creche...

Postado por Caroll Maturana em segunda-feira, setembro 07, 2015 0 Comentários. Junte-se!
Não gosto muito desse termo: creche. Prefiro e sempre falo "escolinha"! Sim, porque quando escolhi a creche da Allice, uma das condições é que ela não estaria afastada de mim apenas para eu executar minhas tarefas, mas queria tarefas para ela também! Atividades motoras e mentais para auxiliar o seu desenvolvimento.
Quando a Allice nasceu, pensei em fazer tudo diferente, afinal, é, ou pelo menos deve ser, a minha última filha. Pensei em uma amamentação exclusiva e duradoura, o que infelizmente não tive sucesso, e pensei em colocá-la na escolinha apenas aos dois anos. O que esqueci é que no momento que nos tornamos mãe de 2ª ou 3ª viagem, esquecemos todas as lutas, os conflitos internos e das próprias necessidades e imaginamos uma maternidade tranqüila e proveitosa. Proveitosa posso dizer que tem sido, aliás, nesses últimos anos que parei de trabalhar fora, o que tenho feito de melhor é aproveitar e acompanhar minhas pequenas. Mas tranquila...ah, aí é outra história!
Bia e Marcella foram para a escolinha aos 8 meses. Bia porque comecei a trabalhar, então a deixava meio período com a babá e meio período na escola. Marcella eu coloquei aos 8 meses não por necessidade e sim por escolha, já que eu já não trabalhava fora. Escolhi colocá-la cedo pelo exemplo de desenvolvimento rápido e tranqüilidade em iniciar a Beatriz na escola. Coloquei a Marcellinha sem culpa na creche e aliviada. Mas com a Allice tem sido bem diferente. A verdade é que eu queria ser mãe mais vezes! Gosto da gestação, do parto, dos primeiros dias, meses, e encarar que acabou isso tudo, que a última a me proporcionar essas alegrias será a Allice, me faz querer aproveitar todos
esses momentos o máximo que eu puder. Porém, quando Allice completou 11 meses, cheguei a conclusão que não dava mais. Eu tinha chegado ao meu limite, estava exausta! Sabe quando você quer provar para si mesmo que agüenta carregar o mundo nas costas, mas o fardo está pesado demais, e você não quer dar o braço a torcer?! Nos mudamos para uma casa bem maior que o apartamento que morávamos, eu precisava cuidar da casa, que me exige mais tempo para a deixar limpa, e precisava também cuidar de mim, mas ao mesmo tempo precisava vigiar Allice o tempo todo, que começava a engatinhar e querer mexer em tudo o que tinha vontade, mas que no colo não conseguia! 
Após decidir que havia chegado o momento, começamos a busca por uma boa escola, pois queria deixá-la sem culpa, ficar tranqüila sabendo que ela estava bem cuidada. Primeiro busquei em meu bairro, mas não achei nenhuma escola grande que aceitasse crianças abaixo de 2 anos, achei apenas creche, dessas que entulham as crianças no mesmo ambiente, independente de idade, e elas ficam ali, esperando os pais voltarem do trabalho para buscá-las. Não tinha atividades para desenvolvimento motor, nem salinhas separadas por idade, e realmente se fosse para deixá-la assim, preferia ficar com ela em casa, pois não trabalho fora.
Então comecei a procurar um bom lugar nos bairros vizinhos. O primeiro lugar que escolhi foi no bairro que morava antes da mudança para a casa. Já havia pensado naquela escola para a Allice e fui disposta a fazer a matrícula naquele mesmo dia. Tenho amigas que têm filhos que estudam nessa escolinha, que sempre falam muito bem. Porém, tudo mudou quando visitei a salinha que ela iria ficar. Tudo muito lindo, você se apaixona, mas o tratamento que tive das cuidadoras, as pessoas que ficariam com a Allice no meu lugar não foi muito agradável. Mal me cumprimentaram, não foram simpáticas, não mostraram interesse pela minha filha. Mesmo assim, cheguei a deixar isso pra lá, talvez tenha sido apenas uma impressão. Porém, a primeira impressão é a que fica né?! Visitei mais uma escola naquele dia e não gostei. Fui para casa disposta a voltar no dia seguinte e fazer a matrícula, mesmo tendo tido uma má impressão na recepção da primeira escolha.
Não sei o que me deu, mas no dia seguinte, resolvi que antes de matricular a Allice, eu iria em outro bairro conhecer outras escolas. A primeira foi agradável, mas a última, foi aquela que eu decidi que seria "A escola" da Allice ainda na recepção que tive no portão. Além de ter me sentido em casa, fui bem recebida, como disse, desde o portão da escola. Quando conheci a salinha da turma de até 1 ano e meio, Allice já se juntou com as crianças por interesse das cuidadoras e permaneceu ali enquanto eu conhecia o restante da escola e fazia a matrícula na secretaria.

Segundo dia de aula. Primeiro dia de uniforme!

Agora, tenho a tarde livre, são 4 horinhas que me deixam quebrando a cabeça para saber o que farei primeiro, afinal foram 11 meses e não 11 dias e preciso correr atrás do tempo perdido.
É uma correria louca pois deixo Bia e Marcella na escola, e vou para outro bairro deixar Allice. De lá, costumo resolver tudo o que preciso na rua para, se der tempo, vir fazer as tarefas da casa.
 Allice chega no portão da escola se jogando para os braços da "tia" que a recebe. Na hora que vou buscá-la é difícil ela se jogar para o meu colo. Apesar de ficar decepcionada (que mãe não fica né?!), fico completamente aliviada, pois vejo que fiz a escolha certa.
Lá ela tem aulas de música e atividades para coordenação motora. Começou a tomar suco de frutas, coisa que em casa ela não faz (mas isso é assunto para outro post) e agora deu pra se jogar no colo de todo mundo, esquecendo de mim por alguns instantes. Com isso, consigo ter mais tranquilidade com minhas tarefas não só enquanto ela está na escola, mas com ela em casa também, pois o grude comigo diminuiu bastante. Antes da escola eu não podia nem levantar para ir ao banheiro sem ouví-la chorando ou tendo que carregá-la para perto de mim.


Não me arrependo da escolha, porque sei que fiz no tempo certo, no lugar certo e como o meu coração mandou!
Não faltaram críticas negativas, ou perguntas como: "já???". Fiz até um desabafo em meu facebook pessoal pois cada um sabe de suas necessidades!
Então, se você é Mamãe e vive o mesmo dilema que eu vivi, faça o que o SEU coração mandar, no tempo que VOCÊ achar melhor, no local que VOCÊ escolher! Não permita que pessoas mandem na criação de seus filhos, ou que te julguem pelas suas escolhas, pois cada mãe sabe exatamente o que passa, o que necessita e o melhor para seus filhos! Permita-se!!

domingo, 6 de setembro de 2015

Retorno ao blog

Postado por Caroll Maturana em domingo, setembro 06, 2015 2 Comentários. Junte-se!
Olá!! Que delícia estar de volta!!
Esperei alguns meses, meses esses de muitas boas mudanças, muita correria e muitas novidades para trazer para vocês!
Dentre as novidades, as mais importantes foram mudança residencial, Allice na escola e o aniversário de 1 ano! Por falar nele, essa semana, justo a que escolhi para retornar aqui (e talvez seja para combater minha ansiedade), será super movimentada com os preparativos da festinha de 1 ano e quero mostrar tudo para vocês! =D
Outra novidade, essa é daqui do blog: em breve teremos sorteio! =D
Minha passagem por aqui é rápida, apenas para anunciar o meu retorno! Espero que tenham gostado e voltem a acompanhar esse cantinho que estava abandonado! Já vou tratar de tirar as teias de aranha daqui!
Deixo uma foto atualizada da minha baby, pois o tempo passa rápido para eles!

Até logo!
 

Dica Materna Copyright © 2011 Design by Ipietoon Blogger Template | web hosting