terça-feira, 17 de março de 2015

6 meses de Allice

Postado por Caroll Maturana em terça-feira, março 17, 2015

No último dia 13, comemoramos o 6º mesversário da Allice.
Confesso que é uma das fases mais gostosas e também mais cansativo para uma mãe.
Das 3 princesinhas que tenho, Allice é a mais apegada a mim.
Pode ir no colo do pai, da dinda, da avó, mas sempre me procurando. Em menos de 5 minutos, o prazo de validade no colo alheio termina e o desespero para voltar ao meu colo toma conta.
Ela brinca com o móbile no berço, sempre olhando em volta para ver se estou no quarto. Ela fica de bruços no colchão, mas tenho que estar por perto. Ela fica sentada no carrinho, sempre me encarando. E quando cansa, faz aquele bico e se demoro a pegar, abre aquele bocão, mas basta falar: "mamãe vai pegar!" e ir ao seu encontro que o bico se transforma em um sorrisão, mais gostoso desse mundo!


Com todo esse apego (que apesar de cansativo, eu amo), tive que ir adaptando alguns costumes para não ficar tão presa assim. A hora de dormir por exemplo, não é mais no colo, já que antes, quando era no colo, na hora de colocá-la no berço ela acordava e queria meu colo novamente. Agora, o sono bate, e eu logo coloco-a deitada no berço, ou, em minha cama, se eu tiver disponibilidade de ficar com ela (nunca deixe um bebê sozinho na cama), e deixo-a rolar, murmurar, até dormir. Com isso, até o pai tem conseguido fazê-la dormir (coisa que quando era no colo, era impossível!).


Quanto ao tato, ah, esse está em perfeito funcionamento! Ela pega tudo, sacode os chocalhos, agarra o móbile, faz carinho na mamãe <3.
Os dentinhos (apesar do pediatra sempre falar em gengivas inchadas) ainda não deram o ar da graça, mas as camisas têm ficado molhadas de tanta baba.
Junto com os 6 meses veio a introdução de comida salgada. No 5º mês, já iniciamos a introdução das frutas já que infelizmente a Allice não teve uma amamentação exclusiva no peito por algumas dificuldades com quantidade de leite.
Eu detesto cozinhar, mas quando chega a hora de fazer as papinhas (evito ao máximo as papinhas industrializadas) eu me amarro em estar na cozinha. Gosto de pensar nos alimentos: o que prende ou o que solta o intestino, as cores das refeições, o que posso colocar para ficar ainda mais saboroso. E acho que toda essa empolgação tem sido uma facilitadora na introdução alimentar, pois a Allice tem se alimentado muito bem através das papinhas.


Começamos por aqui também a quase sentar. No 5º mês ela ainda ficava bem curvada para frente e agora já está bem mais ereta, mas ainda não sustenta o corpo muito tempo, tombando para os lados.


No final de semana passado, Allice foi à praia pela primeira vez, bem cedinho para não ficar muito exposta ao sol.
Usamos um protetor solar para bebês, FPS 60, que logo trago resenha para vocês.
Confesso que ela não aproveitou tanto a praia quanto gostaria, por um único motivo: se a água não for morninha, para Allice é uma tortura.


A convivência com as irmãs tem sido cada vez mais agradável, com direito a altas gargalhadas e muito carinho.
Ah, que pena que o tempo voa, tudo tão gostoso, mas passa tão rapidinho!
Cada mês é uma novidade, que nem dá tempo de acostumar com a do mês anterior.

0 Comentários. Junte-se!:

Postar um comentário

"Nunca houve no mundo duas opiniões iguais, nem dois fios de cabelo ou grãos. A qualidade mais universal é a diversidade." (Michel de Montaigne)

*Comentários com conteúdo ofensivo ou divulgações de sorteios serão excluidos. Para isso, envie um email para contatobelleza@gmail.com. Os sorteios serão divulgados todo domingo aqui no blog!

 

Dica Materna Copyright © 2011 Design by Ipietoon Blogger Template | web hosting